Inscrição Enem 2015

Faça a sua Inscrição para o Enem 2015. Não perca o prazo!

Baixar apostila do Enem Chegou a hora de começar a estudar pra valer! O Enem 2015 está chegando. Baixe o melhor material.

Diploma do Ensino Médio Confira o que fazer para conseguir seu diploma através do Enem. Veja.

O que cai no Enem 2015 Confira todas as matérias que caem na prova do Enem. Estude agora!

Baixar Provas Anteriores Baixe as provas anteriores do Enem para treinar e se dar bem.

Quero Entrar na faculdade! Quer entrar na faculdade? Veja como conseguir através do ENEM.

Enem Faculdades Públicas O Sisu seleciona candidatos para faculdades federais. Veja como conseguir.

Prouni O Prouni dá bolsas em milhares de universidades em todo o país. Faça sua faculdade.

19 janeiro 2009

Devo começar fazendo a redação ou as questões objetivas na prova do ENEM?

Quem vai prestar a prova do Enem - Exame Nacional do Ensino Médio - muitas vezes tem uma dúvida que segue até o momento da avaliação: Será que devo começar fazendo a redação ou as questões discursivas ? É importante considerar que a prova começa Às 13 horas e termina às 18 horas (horário de Brasília), ou seja, são 5 horas pra concluir tudo. Devemos lembrar também que a redação vale metade da prova, assim como a parte objetiva.


Não pretendemos aqui ditar por onde você deve começar a prova, mas vamos expor os pontos positivos e negativos de se começar pela redação ou parte objetiva, e cabe a você, de acordo com o seu estilo, optar pela melhor escolha.


Começar pela redação pode ser melhor pelo seguinte:

Você terá melhor controle de seu tempo restante e, quando começar a parte objetiva, pode ter uma idéia de quanto tempo terá para cada questão. Pode parecer que 5 horas são mais do que suficientes, mas muita gente acaba tropeçando justamente no tempo de prova do ENEM, já que as questões são longas e exigem atenção.

Como a prova objetiva em si é cansativa pode acabar deixando a mente exausta demais para um raciocínio bem sucedido na redação, que deve ter no mínimo 25 linhas de coerência. Já se você começar pela redação e ficar exausto (a) para a prova objetiva, você precisará apenas responder as questões de múltipla escolha, que não vão exigir que você crie nada, e teoricamente, exigem menos esforço.

Se começar pela parte objetiva, o aluno pode se pegar várias vezes pensando no tema da redação durante a prova objetiva, o que pode desconcentrar e atrapalhar o raciocínio pra responder. Começando pela redação o aluno não terá esse problema: Saberá que ainda resta uma prova objetiva a ser feita, mas não terá se concentrado nas questões em si e estará focado na redação.

Se faltar tempo, é muito melhor chutar as últimas 5 ou 10 questões da prova objetiva que não deu tempo de fazer (veja bem, você está chutando, possui chances de acerto!) do que deixar sua redação sem conclusão. Lembre-se que a redação vale metade da nota, e a ausência de partes pode arruinar por completo a sua nota.

Começar pela parte objetiva pode ser melhor pelo seguinte:

Pode ser que entre os enunciados e respostas das 63 questões da prova objetiva, esteja algo que possa ajudar a construir a sua redação. Isso pode ser útil principalmente quando se tem poucas idéias sobre como construir um texto a respeito do tema proposto na redação, mas cuidado: Se a idéia estiver em uma opção incorreta da múltipla escolha o tiro pode sair pela culatra.

O candidato pode adiar a resposta das questões que não sabe responder na prova objetiva, e ganhar tempo, fazendo rapidamente aquelas questões nas quais se sente seguro, podendo até mesmo passar para a redação e responder o restante da prova objetiva depois. Já na redação, é muito difícil pular, por exemplo, o desenvolvimento sem comprometer a coesão, coerência, ou o brilho do texto, que deve ser perfeitamente interligado.
Resumindo: Começou pela redação, termina! Começou pela prova objetiva, faça como quiser!

De tanto ler os longos textos da prova objetiva, o candidato pode ganhar a inspiração que estava faltando para escrever a redação no sentido das palavras: Pode ser mais fácil interligar as idéias de forma escrita.
_________________________

Diante disso, cabe ao candidato escolher, de acordo com suas aptidões e dificuldades qual é a melhor forma de se começar a prova do Enem.

E você, começa pela redação ou pela parte objetiva?

1 Comentário:

Anônimo disse...

Por que a redação não vale mais a metade da prova????

Postar um comentário

Dúvidas, críticas(positivas ou negativas), e/ou sugestões sobre o post? Se sinta à vontade para sanar nos comentários! (Em Selecionar Perfil, basta selecionar a opção Nome/Url)

Notícias sobre Enem e Prouni

Receba

Receba novidades sobre Enem e Prouni através de FEED

Seguidores

Arquivo do site

Enem e Prouni: Inscrição Enem 2014, Inscrição Prouni, Sisu, Gabarito Enem, Inscrição, Provas Anteriores, Simulado, Dicas, Matérias que caem, Resultados, Vestibular unificado, Gabaritos, e muito mais.

Exame Nacional do Ensino Médio, Programa Universidade Para Todos e Sistema de Seleção Unificada

_

Atenção: Esse site possui caráter meramente informativo e não tem nenhuma ligação oficial com o governo federal, o Enem ou o Prouni.

Política de privacidade

! ''Templates em geral'' - Templates para Blogs, Fóruns, Sites, e +! 2009

TOPO